Bilhete Metrô SP por QR Code Digital

Novidade para os usuários do Metrô de São Paulo, a partir de 2022 a compra do bilhete Metrô SP deve ocorrer somente por QR Code Digital, medidas tomadas também para CPTM que já começa valer ainda em 2021. Confira abaixo mais informações e saiba como funciona.



Bilhete Metrô SP por QR Code Digital

Governo do Estado de São Paulo anuncia o fechamento das bilheterias do Metrô e da CPTM e informa que as pessoas poderão comprar bilhete Metrô por QR Code Digital direto no celular e pelas máquinas de autoatendimento.

Essa é uma medida inovadora tomada pelo governo que tem dois propósitos. O primeiro é trazer economia para o estado e o segundo, tornar as viagens mais rápidas e cômodas para os moradores de São Paulo.

Para o governador SP, essa mudança vai gerar uma economia muito grande para o estado, podendo chegar a R$ 100 milhões por ano. E para dar início a esse projeto, os horários de funcionamento de algumas estações já devem começar a reduzir. Assim os usuários já vão se acostumando.




Sobre QR Code

QR Code – Código de Resposta Rápida é um tipo de código de barra com formas de quadrado que vemos por toda parte. Ele é capaz de armazenar muitas informações sobre produtos de todo tipo, sua resposta é muito rápida e é mais seguro do que o código de barras convencional que conhecemos.

Hoje vemos o QR na tela da tv, em produtos e até no cartão de vacina para Covid, que da acesso as informações sobre como obter o certificado digital de vacinação. Para isso basta apontar a câmera que aparece na tela inicial do celular para o código e tirar a foto. Depois que tira a foto aparece o site vacinaja.sp. Se o celular tiver o aplicativo QR Code, basta abrir e apontar para o código. Em outros casos todas as informações sobre o produto aparecem assim que o código é lido.

Uso do QR Code para compra de bilhete Metrô SP

A implementação dessa tecnologia nos transportes públicos é uma tendência inovadora que pode dar muito certo. Em algumas estações da CPTM e do Metrô SP o governo estadual já tinha lançado essa tecnologia como teste piloto pelo aplicativo Top, o novo Bilhete Digital QR Code. Então, se vai ser definitivo a partir de 2022 é porque está dando certo. Pois precisa ser bom para o estado e útil para as pessoas que utilizam esses transportes.




Para ter acesso ao Metrô o QR vai ajudar na compra das passagens e no pagamento na hora de passar na catraca. Por meio de um aplicativo baixado no celular a pessoa compra as passagens e na hora de passar deve apontar o leitor QR Code para o código que aparece na catraca. Cada vez que passar o sistema vai cobrando o valor unitário, como é o bilhete físico. Simples assim.

O usuário pode também comprar a passagem em uma máquina de autoatendimento por meio de cartão de débito ou crédito e imprimir o código em papel. Esse deve ser lido também na catraca na hora de passar na cancela.

Não tem nada de complicado o uso do QR Code, logo todos vão estar acostumados. Posteriormente as pessoas nem vão mais lembrar de bilhetes de Metrô e de Trêm devido a facilidade que essa tecnologia vai trazer para as suas vidas.

Estações de São Paulo que começam ter serviços de bilheteria reduzidos

Estação Belém, da Linha 3 – Vermelha do Metrô
Estação Granja Julieta, Linha 9 – Esmeralda

Essas vão funcionar das 06:00 às 10:00 e das 16:00 às 20:00 a a partir do dia 08/10 e no dia 15/10 as bilheterias já não funcionar mais.

Nos próximos dias o governo deve ir publicando o calendário de desativação das demais estações. Fique atento e já vai se habituando com a nova tecnologia, se puder!



Comente aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.