Programa Crédito Brasil Empreendedor como solicitar

Conheça o mais novo Programa Crédito Brasil Empreendedor lançado em 2022 pelo governo federal voltado para MEIs e que facilita o acesso ao crédito para empreendedores, uma medida provisória que veio para beneficiar profissionais autônomos de diversos portes e alavancar a economia do país que ficou em baixa devido a crise. Se você é microempreendedor individual formalizado e ficou interessado, veja como solicitar o crédito lendo mais informações do nosso site.



Programa Crédito Brasil Empreendedor

Esse é um programa do governo federal, ministrado pelo Ministério da Cidadania, formado por uma série de medidas para oferecer R$ 23 bilhões em crédito, e o seu objetivo é facilitar o acesso ao crédito ao microempreendedor individual entre 2022 e 2023. 

Programas criados pelo governo a partir de 2020

A saber, desde que a crise se iniciou no Brasil por conta da pandemia (piorando o que já tava ruim), o governo vem criando algumas medidas que pudessem ajudar o povo, sendo as famílias, MEI, pequenas e médias empresas, como programas de transferências de renda, PEAC FGI, PEC, PEAC Maquininhas, Pronampe e o novo Programa de Crédito Brasil Empreendedor. 

Sobre o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte – Pronampe

O Pronampe foi lançado em 2020 e desde então vem oferecendo linhas de crédito com juros baixos às micro e pequenas empresas. Dessa forma as empresas podem se desenvolver e se fortalecer para enfrentar um mercado competitivo, onde todos almejam ganhar, crescer e ter sucesso.




Sobre o Programa Crédito Brasil Empreendedor

Esse foi criado sobre uma medida provisória com foco no MEI. Por meio desse programa deve ser disponibilizado R$ 23 bilhões, sendo R$ 21 bilhões vindos do Programa Emergencial de Acesso a Crédito – Fundo Garantidor para Investimentos – PEAC-FGI e R$ 2 bilhões do Fundo Garantidor da Habitação Popular – FGHab, que são recursos que estavam parados nos bancos, ou seja, não estavam sendo movimentados.

Graças a esses recursos, o crédito pôde ser ampliado, atingindo assim uma gama maior de empreendedores. O intuito do nosso governo é democratizar o acesso ao programa de crédito. Pois antes só quem tinha essas vantagens eram as empresas maiores. 

Daí, para ter direito ao crédito, o MEI só precisa ser regularizado. Isto é, ser registrado como microempreendedor individual e estar em dia com as suas obrigações com as Previdência Social.
 

Quem é considerado MEI ?

Todos os trabalhadores de distintas atividades econômicas com registro oficial perante o governo e que têm CNPJ. O MEI pode ser um profissional autônomo, que trabalha por conta própria ou uma pessoa que tem um pequeno negócio, como por exemplo, uma loja pequena. 




Então, é um trabalhador com empresa aberta, que tem CNPJ, que precisa emitir nota fiscal ou não (vai depender das atividades exercidas) e que paga um imposto todo mês para manter seu negócio regularizado. Entretanto, o valor é mais baixo do que o imposto das pequenas e médias empresas.

Uma informação importante sobre MEI

Para quem não sabe, quando um trabalhador se torna MEI, ele tem direito a alguns benefícios previdenciários, como por exemplo, licença maternidade, auxílio doença e aposentadoria por idade. Mas, precisa ser registrado e pagar seu imposto em dia.

Programa Crédito Brasil Empreendedor como solicitar

A solicitação do crédito deve ser feita em instituições financiadoras, como os bancos, de onde vêm a maior parte do dinheiro.

Garantias para acesso ao crédito pelo Programa Crédito Brasil Empreendedor

Geralmente qualquer pessoa ou empresa que pede crédito a um banco sabe que precisa de uma garantia para esse fim, quando o valor é alto. No entanto, quem for pedir crédito através desse programa não vai precisar se preocupar com isso, pois o governo federal quem vai bancar as garantias. Dessa maneira, mais empreendedores terão chances de conseguir o crédito.



Comente aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.