Pix do Banco Central como usar

Novidade para quem gosta de praticidade, rapidez e segurança na hora de pagar contas ou fazer transferências, é o Pix do Banco Central, uma plataforma lançada em 2020 onde podem ser feitas transações bancárias e pagamentos de forma imediata via QR Code. Confira abaixo como usar a plataforma Pix e as empresas que aderiram ao modelo.



Pix do Banco Central

Banco Central Lança a plataforma Pix que pode ser usada em estabelecimentos comerciais, empresas, por pessoas e pelo governo para fazer pagamentos de todos os tipos, como conta de luz, transferências entre pessoas e pagamentos de taxas e impostos.

O que é Pix

Pix do Banco Central é uma base de dados – sistema de pagamentos onde as empresas, como bancos, se conectam e assim pegam dados dos clientes, as informações necessárias, e fazem as transferências instantâneas entre eles, e qualquer pessoa pode fazer pagamentos de contas e boletos a qualquer hora, 24 horas por dia, todos os dias da semana.

O objetivo do governo é trazer modernidade para as empresas de pequeno, médio e grande porte e cidadãos que gostam de modernidade e agilidade em tudo com baixo custo. Dessa forma vão reduzir os custos operacionais e tempo de espera, que é o que todos buscam.




Exemplos de uso do Pix

Pagamento de contas – uma pessoa faz o pagamento de uma conta de luz no seu banco. Assim que a pessoa informa os dados da conta a ser paga e confirma o pagamento, o valor já é transferido para a companhia de eletricidade imediatamente.

Transferências bancárias – se uma pessoa faz transferência de um banco para outro, o valor cai na hora. Nesse caso não tem mais um período determinado para cair o valor, como o que acontece em um Doc, Ted ou valor feito entre contas do mesmo banco.

Empresas que estão aderindo ao Pix do Banco Central

-Magalu Pagamentos Ltda.
-Supermercado Bahamas S.A.
-PagSeguro Internet S.A.
Cielo S.A.
Auto Posto Ipiranga
-Auto Posto Túlio Ltda
-Brasilseg Companhia de Seguros
-Cacique Combustíveis Ltda.
-Fan – Distribuidora de Petróleo Ltda.
Caixa Econômica Federal
-Cartos Sociedade de Crédito Direto S. A.
-Cooperativa de Créditos Sicoob
-Cooperativa de Crédito Sicredi
Itaú Unibanco S.A.
Banco Bradesco
Banco Santander
-Banco Crefrisa
-Banco Safra
-Banco Votorantim
-Banco do Nordeste do Brasil S. A.
-BEXS Banco de Câmbio S.A.
-BoletoBancario.com Tecnologia de Pagamentos Ltda.
-BNS Sociedade de Crédito ao Microempreendedor e à Empresa de Pequeno Porte Ltda
-Casa do Crédito S.A. – Sociedade de Crédito ao Microempreendedor
-Companhia Global de Soluções e Serviços de Pagamentos S.A.
-Mapfre Capitalização S.A. ou, Previdência S.A. ou, Saúde Ltda. ou, Seguros Gerais S. A. ou, Mafre Vida S. A.

Esses são apenas exemplos de empresas que estão na lista de processo de adesão ao Pix. Conferira aqui a lista de participantes em processo de adesão Pix.




Pix do Banco Central como usar

Pelas informações que encontramos no site gov.br os pagamentos ocorrem por meio do QR Code ou através dos dados da Chave Pix.

Quem aderir ao Pix não precisa mais utilizar cartão, dinheiro em espécie, cheque ou mesmo maquininhas de cartão. Tudo muito mais fácil, só precisa ter um celular, fazer o cadastro com o CPF ou CNPJ e e-mail e assim ter acesso ao sistema. Pois essas são as informações puxadas por meio do Pix para que o banco possa fazer transferência para outro, por exemplo.

Cadastro da Chave Pix de acesso começa ser feito a partir de 05/10 e pagamentos instantâneos Pix iniciam a partir de 16/11/2020.

Saiba mais sobre o Pix acessando os links : www.bcb.gov.br/estabilidadefinanceira/pagamentosinstantaneos

www.gov.br/pt-br/pix-comeca-a-operar-em-16-de-novembro




Comente aqui

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.