Programa Auxílio Brasil como cadastrar e consultar

Governo federal anuncia o Programa Auxílio Brasil, um projeto que foi lançado em novembro 2021 para substituir o Bolsa Família e pode auxiliar até 17 milhões de beneficiários vulneráveis financeiramente. Abaixo estamos informando como cadastrar e consultar, nova notícia sobre o programa atualizada em 04/01/2022.



Programa Auxílio Brasil

O presidente do Brasil criou uma Medida Provisória que viabiliza o Programa Auxílio Brasil, que se torna um só programa de assistência social, saúde, emprego e renda em 2021 para beneficiar as pessoas que mais precisam.

Leia também :

Vale Gás governo federal, veja como se inscrever e quem tem direito no auxílio

Bolsa Família, confira como e onde fazer o cadastro para receber o benefício

Cadastro Único, como cadastrar para participar do Auxílio Brasil, Bolsa Família…E como consultar

Leia mais :

Conheça Aprenda mais Mec, Plataforma virtual com 90 cursos online gratuitos, com certificado IFRS

Devido a pandemia que se iniciou no país, milhares de pessoas perderam seus empregos ou estão ganhando pouco dinheiro. Junto com a pandemia, veio o aumento estrondoso de vários produtos, sendo alimentício e higiene, ou seja, coisas que mais usamos.

Foi por causa do desemprego que o governo criou o auxílio emergencial em 2020 e como as coisas não melhoraram em 2021, o auxílio voltou. As pessoas mais necessitadas puderam contar com essa ajuda para comprar seus alimentos e outros itens necessários. No entanto, o auxílio 2021 também já está acabando.

Para não deixar as famílias sem ajuda depois do auxílio, o governo pensou em um programa que possa substituir esse, que é o Auxílio Brasil. Por meio desse 17 milhões de famílias vão poder contar com ajuda financeira todo mês. Porém não é só isso, outros programas voltados para as pessoas carentes devem fazer parte do programa.



Programa Auxílio Brasil como funciona

O Auxílio Brasil é o novo Bolsa Família. A intenção do governo é criar um programa que substitua o Bolsa Família, e ainda, que seja melhor do que o Bolsa Família, e será, já que trás mais benefícios focando desde a primeira infância até a fase do ensino superior.

Modalidades básica que compõem o Auxílio Brasil

Núcleo básico do novo auxílio compõe : Benefício Primeira Infância de R$ 130 por criança – beneficia família com criança até 3 anos incompletos; Benefício Composição Familiar de R$ 65 por pessoa – beneficia crianças e jovens de 3 a 17 anos ou estudantes de 18 a 21 anos; Benefício de Superação da Extrema Pobreza de R$ 100 – mais uma ajuda dada às famílias que não conseguem superar a linha da pobreza mesmo recebendo esses dois primeiro benefícios.

Outras modalidades do Auxílio Brasil

Auxílio Esporte Escolar – pagamentos de 12 parcelas de R$ 100 aos estudantes de 12 a 17 anos incompletos e a família receberá também uma parcela única de R$ 1.000.

Bolsa de Iniciação Científica Júnior – pagamentos de 12 parcelas de R$ 100 aos estudantes com bom desempenho em competição acadêmica e científica e mais uma parcela única de R$ 1.000 à família.

Auxílio Criança Cidadã – benefício creche para criança de 0 a 48 meses incompletos de R$ 200 ou R$ 300.




Auxílio Inclusão Produtiva Rural – parcelas de R$ 200 mensais

Auxílio Inclusão Produtiva Urbana – um benefício por pessoa e por família de R$ 200 mensais

Benefício Compensatório de Transição – benefício para famílias que tiveram o Bolsa Família reduzido depois que for implantado o Auxílio Brasil

As famílias que terão direito serão analisadas quando o novo auxílio for lançado. Só depois disso é vão saber quais têm direito nos auxílios e nos benefícios dessas modalidades.

Programa Auxílio Brasil como cadastrar e consultar

Para ser inserido no programa é preciso estar cadastrado no CadÚnico, como os beneficiários do Bolsa Família. Para isso é só dirigir a uma unidade do Cras, unidade do Cadastro Único ou unidade do Bolsa Família. Nesse caso, procure a que se localiza mais próximo de casa.

Para se cadastrar no CadÚnico a família deve ter renda per capita de meio salário mínimo (R$ 550 por pessoa) ou renda familiar de até 3 salários mínimos R$ 3.300. No entanto, para se enquadrar na lista de famílias beneficiárias do Auxílio Brasil a família deve ter uma renda bem menor, como pede o Bolsa Família.

A renda familiar que as famílias de extrema pobreza devem ter para conseguir o Auxílio Brasil é de até R$ 100,00 por pessoa e as famílias pobres devem ter uma renda familiar de até R$ 200,00 por pessoa. Esses são os novos valores reajustados pelo governo que classificam pessoas de extrema pobreza e pobres. Assim o programa vai beneficiar mais famílias.

A consulta para saber se tem direito ao programa, se já for cadastrado, é pelo site www.gov.br/pt-br/apps/meu-cadunico e pelo aplicativo Meu CadÚnico. Baixe no seu celular!




Valor do Auxílio Brasil – novo Bolsa Família

O governo tinha o intuito de pagar no mínimo R$ 400,00 por meio do programa até final de 2022. Ou seja, o programa foi lançado em novembro 2021 com um valor médio de R$ 224, porém o valor de R$ 400 deveria ser pago a partir de dezembro para todos os beneficiados, cerca de 17 milhões de famílias, após aprovação da PEC dos Precatórios.

No entanto, os planos do governo para este ano não deram certo porque ainda não houve a aprovação da PEC dos Precatórios, e não tem orçamento para esse investimento. Para conseguir pagar R$ 400 em dezembro 2021 o governo editou a Medida Provisória, que deve beneficiar apenas quem já recebeu o Auxílio Brasil, por enquanto. Nesse caso, não tem como o governo pagar também o retroativo de R$ 400 de novembro e o valor extra.

Data de pagamento dos beneficiários do Auxílio Brasil – Calendário de janeiro a dezembro 2022

NIS 1 – recebem dia 18/01 – 14/02 – 18/03 – 14/04 – 18/05 – 17/06 – 18/07 – 18/08 – 19/09 – 18/10 – 17/11 – 12/12
NIS 2 – recebem dia 19/01 – 15/02 – 21/03 – 18/04 – 19/05 – 20/06 – 19/07 – 19/08 – 20/09 – 19/10 – 18/11 – 13/12
NIS 3 – recebem dia 20/01 – 16/02 – 22/03 – 19/04 – 20/05 – 21/06 – 20/07 – 22/08 – 21/09 – 20/10 – 21/11 – 14/12
NIS 4 – recebem dia 21/01 – 17/02 – 23/03 – 20/04 – 23/05 – 22/06 – 21/07 – 23/08 – 22/09 – 21/10 – 22/11 – 15/12
NIS 5 – recebem dia 24/01 – 18/02 – 24/03 – 22/04 – 24/05 – 23/06 – 22/07 – 24/08 – 23/09 – 24/10 – 23/11 – 16/12
NIS 6 – recebem dia 25/01 – 21/02 – 25/03 – 25/04 – 25/05 – 24/06 – 25/07 – 25/08 – 26/09 – 25/10 – 24/11 – 19/12
NIS 7 – recebem dia 26/01 – 22/02 – 28/03 – 26/04 – 26/05 – 27/06 – 26/07 – 26/08 – 27/09 – 26/10 – 25/11 – 20/12
NIS 8 – recebem dia 27/01 – 23/02 – 29/03 – 27/04 – 27/05 – 28/06 – 27/07 – 29/08 – 28/09 – 27/10 – 28/11 – 21/12
NIS 9 – recebem dia 28/01 – 24/02 – 30/03 – 28/04 – 30/05 – 29/06 – 28/07 – 30/08 – 29/09 – 28/10 – 29/11 – 22/12
NIS 0 – recebem dia 31/01 – 25/02 – 31/03 – 29/04 – 31/05 – 30/06 – 29/07 – 31/08 – 30/09 – 31/10 – 30/11 – 23/12

Veja essas e outras informações links abaixo

www.gov.br/cidadania/divulgado-o-calendario-de-pagamentos-do-auxilio-brasil-em-2022

www.gov.br/cidadania/desenvolvimento-social/noticias-desenvolvimento-social/auxilio-brasil-comeca-a-ser-pago-no-dia-17-de-novembro

www.gov.br/pt-br/governo-federal-anuncia-o-auxilio-brasil.

Acompanhe novas informações sobre Auxílio Brasil em nosso site!



33 Comments

Comente aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.